Fluminense decide Taça Guanabara contra o Flamengo após assegurar altas cifras em empate com o Madureira

[ad_1]

Mesmo jogando mal, Tricolor Carioca avançou à final do Estadual com 0 a 0; resultado garantiu rendimento de 475%

Em época de decisão, não importa jogar bem, mas sim avançar de fase, não é? Seguindo isso à risca, o Fluminense avançou no último sábado – 25 de fevereiro – à final da Taça Guanabara e vai enfrentar o Flamengo, que bateu o Vasco por 1 a 0, depois de ficar no 0 a 0 com o Madureira. E será no clássico das multidões que o Tricolor Carioca iniciará a caminhada para derrubar o maior jejum existente entre os grandes do Rio de Janeiro, já que não ganha o Estadual há cinco anos. Será?

O duelo contra o Madureira, em Xerém, não foi nem de longe uma boa exibição dos comandados de Abel Braga, mas serviu, ao menos, para a equipe continuar no torneio e tentar quebrar o tabu. Com melhor campanha do Grupo C, o Flu precisava apenas de uma igualdade para avançar de fase. E parece que os tricolores jogaram com o regulamento debaixo do braço, já que o time dirigido por PC Gusmão dominou a partida. Com um jogador a mais em boa parte do duelo – o volante Douglas foi expulso -, o Madureira pecou nas finalizações, que foram defendidas pelo goleiro Júlio César ou mal direcionadas ao gol. Cascudo, o Tricolor suportou a pressão e assegurou o resultado, que não só foi celebrado pela equipe como também para quem cravou numa igualdade. O 0 a 0 no placar rendeu 475% entre os apostadores do Bet365, já que a cotação inicial era avaliada em R$ 4,75 para cada real investido. Quem cravou o resultado se deu ainda melhor, ganhando uma bolada através do odds de R$ 17,00.

Flamengo derruba tabu contra Vasco e vai à final

No outro jogo que decidiu o segundo finalista da Taça Guanabara, deu Flamengo! E foi com superioridade em campo, mesmo o placar apontando o resultado magro de 1 a 0. Acostumados a jogarem para grandes públicos, a dupla carioca teve que se contentar com o estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, e a capacidade máxima de quase sete mil apaixonados. Quase nada para duas enormes torcidas, não é? Dentro de campo, o que se viu foi o rubro-negro dominar as ações e chegar ao gol depois de um pênalti de Luan em Everton. Diego, o melhor jogador do embate, estufou as redes do vascaíno Martín Silva e derrubou o jejum de nove jogos sem vitórias sobre o arquirrival. Entre os investidores, quem ficou do lado do Flamengo, então favorito para vencer o duelo, abocanhou lucro de 75% (cotação original de R$ 1,75).

PAULISTÃO

Corinthians derrota último invicto e alcança melhor campanha do Paulistão

Jogo mais esperado da sexta rodada do Campeonato Paulista, seja pela disputa em campo ou pelas altas cifras geradas no mercado de apostas – vitórias das duas equipes ou empate davam rendimento superior a 100% – Corinthians e Mirassol fizeram jus à expectativa. Com muitos gols e viradas no placar, o Timão derrubou o até então último invicto do Estadual por 3 a 2 e confirmou a boa fase na competição, chegando a quatro vitórias consecutivas e consolidando a primeira posição do Grupo A com 15 pontos – a equipe alvinegra possui a melhor campanha entre as quatro chaves do torneio. Zé Roberto e o artilheiro Xuxa fizeram os gols do Leão, enquanto Pablo, Maycon e Pedro Henrique marcaram para os comandados de Fábio Carille, garantindo assim os odds de R$ 2,20.

Santos e Palmeiras se recuperam na rodada

Dois dos favoritos ao título, Santos e Palmeiras jogaram pressionados no sábado de Carnaval. O Peixe, por estar três jogos sem vencer, e o Verdão, pela derrota, com um jogador a mais, no clássico contra o Corinthians. Apesar disso, vitórias das duas equipes eram consideradas as barbadas da rodada. E, é claro, foram confirmadas. No Allianz Parque, o alviverde goleou a Ferroviária por 4 a 1, em jogo marcado pela estreia, com gol, do colombiano Miguel Borja, e taxa de R$ 1,33. A equipe comandada por Eduardo Baptista segue líder do Grupo C, com 12 pontos. Mesmo instável, o alvinegro santista colocou fim à série negativa com 2 a 0 sobre o Botafogo-SP na Vila Belmiro, que rendeu 40% de lucro (cotação original de R$ 1,40 para cada real investido), e continua na briga por uma vaga no mata-mata. Os comandados de Dorival Júnior ocupam o terceiro lugar no Grupo D, com um ponto a menos que a Ponte Preta, vice-líder, e três de distância sobre o primeiro, Mirassol.

Rogério Ceni roda elenco e São Paulo fica no empate com o Novorizontino

Para fechar o resumo do fim de semana, o São Paulo saiu de campo contra o Novorizontino com um gosto amargo. Após abrir 2 a 0 no placar – gols de Gilberto e Thiago Mendes -, o Tricolor Paulista “apagou” e voltou a ceder o empate ao final do jogo, assim como ocorreu há duas rodadas. Com time misto para evitar lesões neste início de temporada, o time de Rogério Ceni dominou praticamente todo o jogo, mas apresentou os mesmos problemas defensivos dos embates anteriores, que puderam ser vistos com os gols do Novorizontino. Apesar da igualdade, cotada em R$ 3,40, os são-paulinos permanecem tranquilos na ponta do Grupo B, com 11 pontos, quatro a mais que o segundo, Linense.

[ad_2]

Source link

Leave a Comment