Hamilton tenta terceira vitória em Mônaco e se aproximar de Ayrton Senna

[ad_1]

Brasileiro é o maior vencedor da história do circuito, com seis triunfos

O GP de Mônaco não é uma etapa qualquer. Junto das 24 horas de Le Mans e das 500 milhas de Indianápolis, é uma das corridas mais marcantes do automobilismo. Tanto que ao longo da história dificilmente aconteceram surpresas, sendo boa parte dominada por grandes pilotos. Prova disso é que o maior vencedor é simplesmente um tal de Ayrton Senna, com seis triunfos. Tentando diminuir essa diferença, Lewis Hamilton é o grande favorito para esta edição, pagando R$ 2,25 por cada real, de acordo com dados do Bet365.

Carro para isso, o piloto tem. Momento, também, pois vem de vitória na última corrida, na Espanha. Até aqui, o único desempenho abaixo do esperado foi na Rússia, quando ficou em quarto. Nas demais três etapas, presença constante no pódio. Para quem quiser ser cauteloso, esta é a melhor opção, rendendo 28% de lucro.

Vettel é o único concorrente

A temporada já desenha que a disputa vai ser sempre entre Sebastian Vettel e Lewis Hamilton, com exceção de uma ou duas surpresas, como de Valtteri Bottas, na Rússia. Em Mônaco, a situação não é diferente e o alemão é o único com grandes chances de bater o britânico. Nesta edição, já conseguiu o feito duas vezes e em outras três passou perto, terminando em segundo. Caso vença mais uma, dá R$ 2,37 por real. Além disso, assim como seu concorrente, traz um ganho garantido por chegar entre os três melhores, de R$ 1,33.

Correndo por fora aparecem Valtteri Bottas (R$ 9,00), Daniel Ricciardo (R$ 13,00), Max Verstappen (R$ 15,00) e Kimi Raikkonen (R$ 15,00), mas a expectativa é que estes disputem entre si o último lugar no pódio. Nesta situação, o piloto da Mercedes é o que está mais cotado, rendendo R$ 1,72 em cada real. Porém, devido ao grau de dificuldade da prova é uma boa opção investir em Raikkonen, que dá R$ 2,75. Os pilotos da RBR pagam o mesmo valor se alcançarem o posto. Até o momento cada um conseguiu o lugar uma vez na temporada.

Zona de pontuação

Para a marcação de pontos, Mercedes, Ferrari e RBR são nomes quase certos. A chance de alguém ficar de fora é basicamente por abandono, pois em termos de carro são bem superiores à concorrência. Até por isso que seus retornos são bem baixos pelo feito, pagando entre 14% e 28% de lucro. Para quem quiser ganhos modestos, mas certeiros, são bem válidos.

Já para as quatro vagas restantes do top 10, quem não pode faltar é Sergio Perez. O mexicano pontuou em todas as corridas até aqui e paga R$ 1,40 por real se repetir o feito. Outro que conseguiu a façanha nas cinco provas foi Esteban Ocon. No entanto, o francês por três vezes chegou exatamente na 10ª posição e se torna uma opção mais arriscada. Se ainda assim confiar, o retorno com ele é de R$ 1,66.

Felipe Massa (R$ 1,90), Carlos Sainz Jr (R$ 1,66), Nico Hulkenberg (R$ 1,66) e Romain Grosjean (R$ 2,37) também apareceram algumas vezes na zona de pontuação e estão na disputa. Já Pascal Wehrlein (R$ 5,50), Kevin Magnussen (R$ 2,37) e Daniil Kvyat (R$ 1,90) chegaram no top 10 uma vez cada e correm por fora.

Rei de Mônaco

Ninguém venceu mais o GP de Mônaco que Ayrton Senna. Foram seis vitórias entre 1987 e 1993 e por isso chegou a ser apelidado de Rei. O brasileiro tão cedo não vai perder o posto, pois os pilotos em atividade mais próximos são Fernando Alonso e Lewis Hamilton, com apenas dois triunfos. Nico Rosberg até tem três, mas como decidiu se aposentar da Fórmula 1 no final do ano, não entra na lista. Outros que venceram e estarão na pista neste domingo são Sebastian Vettel, Jenson Button e Kimi Raikkonen.

Entre as equipes, o domínio histórico é da McLaren, com 15. No entanto, a última conquista foi em 2008. Depois disso, a Brawn venceu uma vez, a RBR, três, e a Mercedes, quatro – exatamente as últimas edições. Bem cotada para este ano, a Ferrari ganhou oito vezes, porém seu jejum é grande – desde 2001.

Favoritos para a corrida deste domingo, às 9 horas (28/mai):

Odds em 24 de maio, segundo o Bet365

  • Lewis Hamilton R$ 2,25
  • Sebastian Vettel R$ 2,37
  • Valtteri Bottas R$ 9,00
  • Daniel Ricciardo R$ 13,00
  • Kimi Raikkonen R$ 15,00
  • Max Verstappen R$ 15,00
  • Sergio Perez R$ 151,00
  • Nico Hulkenberg R$ 201,00
  • Esteban Ocon R$ 251,00
  • Jenson Button R$ 301,00
  • Carlos Sainz R$ 301,00
  • Felipe Massa R$ 501,00
  • Todos os demais R$ 751,00

[ad_2]

Source link

Leave a Comment