Título da Nascar rende mais de 750%, e Kevin Harvick larga na frente



Piloto com mais poles da última temporada, tenta o seu segundo título

A nova temporada da NASCAR começa dia 18 de fevereiro, com as corridas de apresentação em Daytona. Por isso,é hora de você separar alguns investimentos para poder fazer a festa junto ao piloto que vai levantar o caneco no final do ano. O prognóstico para isso é bem interessante e o retorno mínimo é de 750%, de acordo com dados do Bumbet – para quem acreditar no campeão desde já e não deixar para depois.

Mas antes de começar a falarmos dos candidatos, saiba que tem mudança no sistema de pontuação e no formato das provas. Agora, cada corrida será dividida em três partes, variando de acordo com as características da pista. O vencedor de cada parte vai levar 10 pontos de bônus, com o segundo ficando com nove, e assim sucessivamente até chegar ao décimo.

Dito isto, saiba que o mais cotado para faturar o campeonato é Kevin Harvick, dando R$ 7,50 por cada real. Campeão em 2014, ele vai ter uma difícil missão nesta temporada: vai correr com a fabricante Ford. Eu explico: em apenas duas das últimas dez edições, alguma outra marca sem ser a Chevrolet ficou com o título. Como aliada para esta batalha, vai ter sua velocidade, que fez com que fosse o piloto com mais poles de 2016 – sete no total. Com a alteração no regulamento e etapas mais curtas, é possível que isso seja um fator que desiquilibre.

Johnson tenta oitavo título

Maior vencedor da história da NASCAR, ao lado de Richard Petty e Dale Earnhardt, o piloto Jimmie Johnson vai em busca do seu oitavo título após ter vencido a última temporada. Ele aparece como o segundo mais cotado, dando R$ 8,00 / R$ 1,00. Após uma campanha fantástica com direito a cinco vitórias, o californiano não pode ser descartado, principalmente se lembrarmos de seu período dominante de 2006 a 2010, quando não deu chances para nenhum adversário.

Chase Elliott também vai de Chevrolet

Ainda falando da dinastia da Chevrolet, Chase Elliott é outro candidato da fabricante. Apesar de ter apenas 21 anos, ele já chocou a categoria em 2014 quando venceu a Nationwide Series, tornando-se o primeiro estreante a ganhar um dos campeonatos. Para esta edição, seu nome ainda aparece sem tanta força, mas vale ficar de olho, pois sua conquista garante R$ 13,00 em cada real.

Kyle Busch tenta repetir feito

Entre as exceções que levantaram o troféu pilotando outras marcas está Kyle Busch. Campeão em 2015, o piloto da Joe Gibbs Racing busca novamente evitar uma nova sequência do rival. Pagando R$ 9,50, Busch tenta também apagar o “quase” de 2016, quando ficou na terceira posição após começar muito bem a temporada.

Com apenas onze provas, havia vencido quatro e surgia como forte candidato, mas nas últimas quinze etapas só conseguiu subir ao lugar mais alto do pódio mais uma única vez e viu seus concorrentes abrirem no campeonato. No entanto, apesar da queda na reta final, meu palpite é que seja o grande favorito para esta edição, ao lado de Harvick.

Logano e Truex JR tentam título inédito

Dos que ainda não venceram uma temporada da NASCAR, Joey Logano e Martin Truex JR chegam com maior destaque, dando R$ 9,50 em cada real. Destes, o primeiro é o que vem mais forte, após um vice-campeonato. Diferentemente do segundo, Logano cresceu justamente na hora do mata-mata. Se nas 26 primeiras etapas não passou de um coadjuvante, na reta final brilhou e ganhou duas das últimas cinco provas. Só faltou mesmo levar a melhor sobre Johnsson, na Championship – sorte que pode mudar desta vez.

Já Truex JR teve como principal destaque o fato de ter sido o piloto com o maior número de voltas na liderança em mais corridas. Foram seis no total, mas faltou regularidade para manter o resultado até a bandeirada, ganhando quatro, só que nenhuma delas após a segunda fase dos playoffs – o que fez com que ficasse sem chance de disputar o título, pois a fase é de caráter eliminatório.

Keselowski corre por fora

Campeão em 2012, Brad Keselowski não chega com o mesmo destaque de outros anos. No entanto, suas três vitórias na edição passada fizeram com que seu nome continue em evidência, e caso consiga comer pelas beiradas, pode surpreender e render R$ 12,00.

Além dele, aparecem Dale Earnhardt Jr, Denny Hamlin e Matt Kenseth pagando R$ 14,00 por cada real. Destes três, apenas o último já sentiu o gostinho de faturar o campeonato – na edição de 2003. Caso algum outro participante fique com o título, são pagos R$ 23,00 / R$ 1,00.



Source link

Leave a Comment